Novo Aplicativo Fronto para GANHAR DINHEIRO no Android. Baixe via Play Store. Quer começar o app Fronto com 1.250 pontos??? Segue Dica:
Vá em Configuração > Enter Referral Code > Digite o código "vemnimim". Daí é só partir pro abraço!!! Todos Ganham!!!

sexta-feira, 16 de março de 2012

Jardim Japonês e o Lago


      Transmitindo paz e espiritualidade, um Jardim Japonês nos vislumbra com suas cores, formas e texturas. Embora tenha todo um contexto religioso e filosófico, os elementos de água, pedras, plantas e acessórios também fazem parte desse conjunto. 

      A cultura Japonesa encara o paisagismo como uma forma de arte elevada, pois em um pequeno espaço, se expressa a essência da natureza de forma harmoniosa.

      Provenientes da China, antes do século VI os primeiros modelos de jardins eram motivos de divertimento das altas classes. Eles eram construídos para contemplar a natureza através das estações do ano, começando assim a desenvolver característivas próprias com destaque em arranjos de pedra.

      Levando em conta alguns aspectos e elementos básicos, podemos criar nosso próprio Jardim e Lago Japonês. São eles:
 
- Sakura ou Cerejeira ornamental – conhecida como a flor da felicidade, tem lugar importante na cultura japonesa. De março a abril, o povo festeja o Hanami para comemorar a floração dessas árvores.

- Momiji – Gari ou Acer Vermelho – revela um aspecto melancólico e reflexivo da personalidade japonesa.

  - Lanternas de Pedra – com pontos de luz distribuídos estrategicamente, induzem à concentração, adicionando o místico, tradição e espiritualidade.

- O Lago e as Carpas- sua água representa a vida, e nele vivem as Carpas. Símbolo de fertilidade e prosperidade.

- Taiko Bashi ou Ponte – um caminho ou uma ponte dentro do jardim representa uma evolução à um nível superior em termos de amadurecimento e auto – conhecimento.

- Bambu – sua flexibilidade e força nos conduz a capacidade de adaptação e mudança.

- Pedras e Cascatas – são o centro do jardim. A pedra colocada na vertical representa a figura do pai e na horizontal, a mãe, de onde brota a água. Outras pedras distribuídas em torno do lago e pela vegetação simbolizam os descendentes.


- Adornos – o sino de vento e os macacos de cerâmica trazem o som da natureza e a felicidade, sendo fixados nos bambus. Estes, são amarrados e tem seu crescimento direcionado para que a planta se curve em direção ao lago como sinal de reverência.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.