fotos

DEVIDO À UMA ATUALIZAÇÃO DO BLOGGER, ALGUMAS FOTOS POSTADAS PODEM TER DIFICULDADES DE VISUALIZAÇÃO.

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Vitória Régia


      O sonho de todo laguista em se tratando de plantas aquáticas, sem dúvida nenhuma é ter uma Vitória Régia (victoria amazonica), também conhecida como “A Rainha dos Lagos”.
       
      Da família das Nimphaeaceae, típica da região amazônica, a Vitória Régia é a maior lili aquática do mundo.

       Seu cultivo deve se dar em lagos ou tanques com mais de noventa centímetros de profundidade, com água em temperaturas entre 29º C e 32º C, não tolerando temperaturas abaixo de 15º C. Planta pouco exigente quanto à fertilização.

     
      Sua grande folha em forma de círculo pode chegar até dois metros e meio de diâmetro com bordas elevadas até dez centímetros. A Vitória Régia dispõem ainda de dispositivos de flutuação como uma rede de grossas nervuras e compartimentos de ar, além de redes de canais de escoamento de água da chuva.


     
       Sua floração vai do início de março até julho com flores brancas, lilás, roxas, rosas e até amarelas. Suas flores duram até 48 horas. Com forte aroma adocicado, após a polinização feita pelo besouro, a flor volta para dentro do lago para formação do fruto do tipo baga, que amadurece em seis semanas, produzindo suas sementes, que são comestíveis.


      A multiplicação dessa planta, se dá por semente e divisão dos rizomas. Com uma rápida pesquisa, já se encontram sementes de Vitória Régia á venda na internet




Nenhum comentário:

Postar um comentário

.