Novo Aplicativo Fronto para GANHAR DINHEIRO no Android. Baixe via Play Store. Quer começar o app Fronto com 1.250 pontos??? Segue Dica:
Vá em Configuração > Enter Referral Code > Digite o código "vemnimim". Daí é só partir pro abraço!!! Todos Ganham!!!

sexta-feira, 11 de maio de 2012

PH x KH x GH

      Quem acompanha o Kingyo Terapia, sabe a dor de cabeça com PH que andei tendo com meu lago uns dias atrás. Tentando entender o motivo das mudanças ocorridas na qualidade da água do meu lago, e tentando encontrar uma solução, li bastante coisa a respeito. E muita coisa misturava informações de PH, KH e GH. Abaixo vou pontuar algumas considerações, de uma maneira mais simples e objetiva dentro de tudo que encontrei a respeito.

- PH - qualidade da água ser ácida ou alcalina.
- KH - responsável pelo efeito tampão que é a capacidade de manter o PH estável mesmo com a adição de ácidos ou bases (compostos alcalinos).
- GH - Concentração de magnésio e cálcio dissolvidos na água.

      Podemos perceber que o PH está diretamente ligado ao KH!

- Se um aquário ou lago está com o KH alto, será muito difícil alterar o PH.
- Se o KH está baixo, será muito difícil manter o PH estável (o KH tampona a água).

Observação:

KH alto, não quer dizer que o PH também será alto. Se tivermos uma quantidade de compostos ácidos superior à capacidade de absorção do KH (efeito tampão), o PH pode baixar bastante, a um nível indesejado para nós e para saúde do ambiente aquático em geral.

      O GH praticamente não tem relação alguma com o PH, sendo muito importante para algumas espécies de plantas e peixes.

Aumentando e Baixando

      Para aumentar o KH, pode - se adicionar bicarbonato de sódio, encontrado em farmácia. Se a idéia é elevar além do KH, o GH, adicione carbonato de cálcio.

      Para diminuir o KH, e consequentemente o GH, a maneira mais simples é realizar trocas parciais com água de dureza carbonatada e geral mais baixas. Turfa também é recomendado e pode ser encontrada em lojas de aquário.

Lembre - se: toda mudança de parâmetros da água deve ser feita lentamente, de forma a não prejudicar o equilíbio da água e seus habitantes.

      Existem no mercado, diversos alcalinizantes e acidificantes, porém seu uso nem sempre é a solução para corrigir o PH. Isso se a origem do problema estiver no KH, que essas químicas não regulam. Com maior eficiência, temos os Tamponadores, que ajustam automaticamente o PH e o KH. Um valor que geralmente é considerado ideal para manter o PH estável é 4º. Mas isso não é regra.

      O PH também é alterado através da injeção de CO2, e o mesmo pode controlá - lo. Muito utilizado em aquários plantados, o Gás Carbônico é absorvido por elas durante a realização da fotossíntese. Ligado ao PH e KH, o CO2 dissolvido na água, promove reações químicas entre a água, os carbonatos, bicarbonatos e CO2, gerando Ácido Carbônico e diminuindo o PH.

Recaptulando

O início da postagem diz que o PH é a qualidade da água ser ácida ou alcalina, então:

água muito ácida = PH baixo
PH baixo = aumento de nitrato e ácidos orgânicos
acúmulo de ácidos orgânicos = aquário mal cuidado

      Logo se o aquário está mal cuidado, aumenta em grande quantidade os ácidos orgânicos, sobrecarregando a capacidade de tamponamento do KH. Por isso PH em desequilíbrio, quer dizer aquário em desequilíbrio, com escesso de peixes, alimento ou filtragem inadequada.

      Outro motivo bem comum que acabei descobrindo ser o meu caso, é a água da torneira vir muito ácida. E nesse caso, corrigí - la com alcalinizantes sairia absurdamente caro para um lago. Nesses casos, podemos tentar estabilizar o PH com a adição de conchas, rochas calcárias, dolomita.

Até.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.